18.3.08

Tudo que você sempre quis saber sobre prisões mas nunca teve pra quem perguntar

Vou dividir a explicação em muitas partes. Nas primeiras explicarei as prisões cautelares, que ocorrem antes do trânsito em julgado de uma sentença (trânsito em julgado é quando aconteceu tudo que já podia acontecer e mais nada pode ser dito, alterado, revisado ou consertado num processo, é o fim do processo), depois falarei sobre os tipos de prisão e penas depois do trânsito em julgado. Finalmente explicarei quais as medidas e remédios cabíveis para tirar alguém do cárcere.

Prisões Cautelares (clique em cada uma para informações mais detalhadas):
  1. Prisão em Flagrante
  2. Prisão Preventiva
  3. Prisão Temporária
  4. Prisão Decorrente de Sentença Condenatória Recorrível
  5. Prisão Decorrente de Decisão de Pronúncia
Como combater cada uma das prisões (recursos cabíveis):
  1. Livrando-se da prisão em Flagrante
  2. Livrando-se da prisão Preventiva
  3. Livrando-se da prisão Temporária
  4. Livrando-se das prisões Decorrentes
Depois do trânsito em julgado:
  1. A Pena de Reclusão e a de Detenção
Outras informações:
  1. Prisão especial para pessoas com curso superior
  2. Exemplo de Prisão Temporária e crítica
  3. Tipos de Flagrante
  4. Diferença entre Prisão Temporária e Preventiva
  5. Indenização por Prisão Cautelar

Escrito ouvindo: Big bang (Bad Religion, No Control)

7 comments:

Blog do MARLLUS BITTENCOURT disse...

E no caso em que o juiz determina que o marido fique pelo menos à 200 metros de distância da esposa. Caso o réu descumpra essa ordem judicial e seja preso, qual será esse tipo de prisão? E qual será a peça a ser feita pelo defensor para retirar o réu do cárcere?

Anônimo disse...

Neste caso será decretada a prisão preventiva. Então o pedido do Advogado poderá ser a revogação da mesma.

Anônimo disse...

EU TRABALHAVA EM UMA IMOBILIARIA A 2 ANOS - NESTE PERIODO EU E UM COLEGA JUNTAMENTE COM A AJUDA DE UMA EMPRESA TERCEIRIZADA, LANÇAMOS NOTAS DE SERVIÇOS NAO REALIZADOS NOS CONDOMINIOS, SENDO QUE COM O ACESSO IRRESTRITO AO SISTEMNA, APAGAVAMOS OS DADOS DESTAS NOTAS - OU SEJA, APROPRIAÇÃO DOS VALORES DA EMPRESA, CERCA DE r$ 35MIL. ESTES VALORES APROPRIADOS ERAM DIVIDIDOS EM IGUAIS PARTES ENTROE EU, O COLEGA E O PRESTADOR. O MEU COLEGA PEDIU DEMISSÃO E EU FIQUEI NA EMPRESA, 2 MESES DEPOIS FOMOS DESCOBERTOS - FUI DEMITIDO POR JUSTA CAUSA - AGORA O DONO DA EMPRESA QUER O RESSARCIMENO DOS VALORES - ACHO JUSTO, POREM SOMENTE EU TENHO CONDIÇÇÕES DE PAGAR PARTE DO VALOR (R$ 10MIL)- OS OUTROS DOIS ENVOILVIDOS ESTÃO SE ESQUIVANDO - O QUE É MELHOR? EU FAZER UMA CONFISSÃO DE DÍVIDA E TENTAR COBRAR OS OUTROS DOIS - OU DEIXAR O MEU EX CHEFE IR ADIANTE JUDICIALMENTE POIS SÓ ASSIM OS DEMAIS ENVOLVIDOS SERIAM TAMBEM PENALIZADOS?

Vaneska Flávia Malta de Amorim disse...

Parabéns pelas informações, estão sendo de bom uso!

anônimo disse...

Meu irmao trabalha em comércio. Foi fazer um depósito na lotérica e tinha uma nota falsa no meio. Ele foi preso e está na delegacia numa cela com mais 40 presos. Gostaria de saber quanto tempo ele pode ficar preso na delegacia e se esse procedimento ta correto?

Thayna Alves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thayna Alves disse...

Oi. Meu marido roubo um carro no sábado com outro cara mas no domingo estava andando com o carro e cm outro cara e foram enquadrados e ai foram presos porque viram que era furtado , foram encaminhados a delegacia e meu marido assumiu o crime sozinho e liberaram o rapaz e ele ficou. No ato ele não foi com arma ,nem agrediu a vítima, . na delegacia a vítima reconheceu ele. Quanto tempo ele pegara e não tem como pagar fiança ?