6.11.14

O que é o vesting?

Você, startupeiro, empreendedor, descolado e pra frentex, com certeza já ouviu falar de vesting.
Agora, você sabe exatamente o que é o famigerado vesting?
Vesting é o nome que se dá para o processo de fazer com que as pessoas entrem numa sociedade pouco a pouco e de acordo com alguns gatilhos pré-definidos. Resumidamente, o vesting é uma versão estilizada de uma opção de compra de quotas ou ações*.
*Quotas quando se trata de empresa limitada e ações quando se trata de sociedade anônima.
Se você quer recompensar a lealdade do seu funcionário, mas não quer que ele se aproveite da sua bondade, vesting nele!
Se você quer trazer para a sua empresa um sócio que vai agregar mais trabalho do que capital, vesting nele!
Se você vai botar como sócio o seu irmão, mas quer continuar a frequentar o natal da família, vesting nele!
Se você quer contratar um puta cara, mas o salário dele é maior que o faturamento anual da sua empresa, vesting nele!
E como você faz isso?
  1. Contrate um advogado
  2. Defina quando a pessoa terá o direito de receber a parte das quotas ou ações (pode ser um lapso temporal, a entrega de um serviço específico, a captação de um número pré-definido de clientes etc. a sua imaginação e a legislação brasileira são o limite)
  3. Decida se ela vai receber toda a participação de uma vez ou pouco a pouco
  4. Coloque um valor pré-definido para a compra dessa participação (pode ser 1 centavo)
  5. Elabore um contrato entre você, possuidor das quotas/ações, e a pessoa que vai receber o benefício
  6. Assine o contrato
  7. Parabéns, você já faz parte do reduzido grupo de pessoas que decidiu evitar enormes dores de cabeça no futuro quando o sócio que elas achavam que teria muito potencial se mostra um vagabundo!
Outra maneira de fazer isso é pelo mecanismo inverso. Ao invés de dar a opção de compra de quotas ou ações para o funcionário ou para o sócio, a opção é dada para a empresa ou para você (o sócio majoritário, acredito eu). Nesse caso, a pessoa recebe as quotas/ações imediatamente, mas a empresa ou você terão a opção de comprar estas quotas/ações de volta caso a pessoa saia da empresa antes de um período de tempo pré-definido.
Agora, falando sério, o vesting é uma baita ferramenta para incentivar as pessoas a trabalharem para o crescimento da empresa, evitar que pessoas acomodadas se tornem uma âncora ou para contratar bons funcionários que o seu caixa ainda não permite pagar (daí você utiliza a opção de entrar na sociedade como forma de pagamento).
E bora vestir todo mundo!